FAÇA O QUE GOSTA

Louise L. Hay

"Se surgirem atrasos e obstáculos, saiba que esse não é o momento certo. Se tudo se encaixar facilmente, vá em frente, mas sempre num sistema de meio período, para começar".

 

Se você foi criado na convicção de que deve "trabalhar arduamente" para ganhar a vida, é hora de colocá-la de lado. Use a afirmação: O TRABALHO, PARA MIM, É FÁCIL E DIVERTIDO, ou GOSTO DE TUDO, NO MEU TRABALHO. Repita a afirmação até que sua consciência mude. Faça o que gosta, e o dinheiro virá. Ame o que faz, e o dinheiro virá. Você tem direito ao prazer de ganhar dinheiro. Sua responsabilidade para com a Vida é participar de atividades agradáveis. Assim que você encontra um jeito de fazer algo de que goste, a Vida mostra-lhe o caminho para a prosperidade e a abundância.

Quase sempre essa atividade é alegre e dá prazer. Nosso guia íntimo nunca nos impõe deveres. O propósito da vida é brincar. Quando o trabalho torna-se uma brincadeira, fica divertido e recompensador. Atitudes negativas em relação ao trabalho criam toxinas no corpo.

Se você foi despedido, por favor, supere a amargura o mais rápido que puder, porque esse sentimento não fará nenhum bem a sua vida. Afirme: ABENÇÔO MEU EX-PATRÃO COM AMOR. SÓ O QUE É BOM RESULTARÁ DESTA SITUAÇÃO. AGORA ESTOU ENTRANDO NUM BEM MAIOR. ESTOU SEGURO E TUDO ESTÁ BEM. Depois, use a afirmação para obter um novo emprego.

Não é o que nos acontece que importa, mas o modo como lidamos com a situação. Se a Vida lhe der um limão faça uma limonada. Se o limão estiver podre, plante as sementes a fim de ter mais limões. Ou use-o como fertilizante.

Às vezes, quando nos aproximamos da realização de nossos sonhos, ficamos tão assustados por termos o que realmente queremos que começamos a sabotar a nós mesmos. Por mais incrível que pareça, trata-se de um esforço equivocado para nos protegermos. Dar um passo tão grande, conseguir o emprego ideal, ganhar bastante dinheiro pode ser um empreendimento assustador. E se eu falhar? E se as pessoas não gostarem de mim? E se eu não
For feliz?

Essas perguntas representam aquela parte sua que tem muito medo da realização de seus sonhos. Freqüentemente, a criança interior é a sua responsável por esse medo. É hora, então, de ser muito carinhoso, paciente e gentil consigo mesmo. Tranqüilize sua criança interior, ame-a e faça-a sentir-se segura. Um livro maravilhoso, que pode ajudá-lo a ter acesso a seus receios e sentimentos mais íntimos, é o de Lúcia Capaccione, Recovery of Your Inner Child (A cura de sua criança interior). O livro usa a técnica de registrar tudo num diário para promover a cura e a liberação de receios e sentimentos. Lembre-se de repetir sempre: ESTOU SEGURO NO UNIVERSO, E TODA A VIDA ME AMA E ME SUSTENTA.

Seus pensamentos podem ajudá-lo a criar o emprego perfeito.

Não se prenda à convicção de que é difícil conseguir um emprego. Isso pode ser verdade para muitos, mas não precisa ser para você. Você só precisa de um emprego. Sua consciência lhe abrirá o caminho. Muitas pessoas se apóiam demasiadamente no medo. Quando a economia do país muda, as massas imediatamente acreditam em todos os aspectos negativos e ficam falando a respeito deles, dando-lhes atenção demais. Aquilo a que damos muita atenção e que aceitamos em nossa consciência torna-se verdade para nós.

Quando você ouvir comentários negativos sobre a economia, afirme imediatamente: PODE SER VERDADE PARA ALGUNS, MAS NÃO É VERDADE PARA MIM. EU SEMPRE PROSPERO, NÃO IMPORTA ONDE ESTEJA OU O QUE ACONTEÇA. Enquanto pensa e fala, está criando as futuras experiências. Tenha cuidado com o modo como fala de sua prosperidade. Você sempre pode optar por ter pensamentos de pobreza ou pensamentos de prosperidade. Pelo menos durante uma semana, preste atenção em como fala a respeito de dinheiro, trabalho, carreira, economia do país, poupança e aposentadoria. Escute o que diz. Certifique-se de que suas palavras não estejam criando pobreza agora ou no futuro.

Outra coisa que pode contribuir para pensamentos de pobreza é a desonestidade, em todas as suas formas. Muitas pessoas acham normal e natural levar para casa clipes de papel e outros artigos de escritório onde trabalham. Esquecem, ou não percebem, que tudo o que se tira da Vida ela toma de volta. Furtar, mesmo pequenas coisas, é afirmar perante a Vida que você não tem dinheiro para comprá-las, e isso o aprisiona em um modelo de limitação.

Quando você tira da Vida, ela sempre tira mais de você. Pode tirar clipes de papel e perder um telefonema importante. Pode tirar dinheiro e perder um relacionamento. A última coisa que tirei (em 1976), foi um selo de correio, e um cheque de trezentos dólares que me fora remetido pelo correio perdeu-se. Foi um modo caro de aprender uma lição , mas, a longo prazo, valeu a pena. Assim, se dinheiro é um problema, procure saber onde você está interrompendo o fluxo. Se levou uma porção de coisas do trabalho para casa, devolva tudo. Nunca prosperará até que o faça.

A Vida fornece com abundância tudo o que é preciso para se manter. Quando reconhecemos esse conceito e o incorporamos ao nosso sistema de convicções, experimentamos grande prosperidade e abundância na vida.

Talvez você esteja pensando em começar seu próprio negócio. Gosta da idéia de não ter patrão e de ficar com todos os lucros. É ótimo, se você tem temperamento para isso. Mas não deixe seu emprego para lançar-se a esse empreendimento, até que tenha realmente analisado todas as possibilidades. Terá motivação para trabalhar, se não houver alguém acima de você? Está disposto a trabalhar de dez a doze horas por dia, como talvez seja necessário no primeiro ano? Novos negócios precisam da dedicação do proprietário até que os ganhos permitam a contratação de ajudantes. Eu trabalhei dez horas por dia, sete dias por semana, durante muito tempo.

Sugiro um novo negócio que funcione apenas por meio período. Trabalhe nesse projeto depois do período normal de trabalho e nos fins de semana, até ter certeza de que é isso o que quer. Certifique-se de que seu negócio renda o bastante para que viva, antes de cortar os laços com o emprego que lhe garante um salário fixo. Comecei minha empresa de publicações com um livro e um tape. Trabalhava em meu quarto, com a ajuda de minha mãe de 90 anos. Expedíamos livros e tapes à noite. Levei dois anos para poder contratar uma assistente. Foi uma ótima atividade paralela, mas a Hay House precisou de dois anos para tornar-se, de fato, um negócio.

Dessa maneira, quando se sentir inclinado a querer abrir um negócio próprio, use a afirmação: SE ESTE EMPREENDIMENTO FOR PARA O MEU BEM MAIOR E A MAIS COMPLETA ALEGRIA, DEIXO-O IR EM FRENTE COM FACILIDADE, SEM NENHUM ESFORÇO.

Preste atenção aos sinais em redor. Se surgirem atrasos e obstáculos, saiba que esse não é o momento certo. Se tudo se encaixar facilmente, vá em frente, mas sempre num sistema de meio período, para começar. Você sempre poderá expandir o período de trabalho, mas às vezes é difícil restringi-lo.

Se você está preocupado com o patrão, colegas de trabalho, ambiente de trabalho, local, fregueses, ou algum aspecto relacionado ao novo negócio, lembre-se de que é você que está criando normas pessoais para a própria carreira. Mude suas convicções, e isso mudará sua vida profissional.

Lembre-se: você decide como quer que sua vida profissional seja. Crie afirmações positivas para alcançar sua meta. Depois, repita-as com freqüência. Você pode ter a vida profissional que deseja!

Autora: Louise L. Hay.
Texto extraído do livro: Vida


Para acessar matérias anteriores,
clique na caixa abaixo. 

 

Qual a sua opinião sobre esta matéria?
Envie suas críticas e sugestões.

Clique aqui

Deseja enviar esta página para um "Velho Amigo"?
Clique Aqui

<< Clique Aqui para voltar